Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Francisco Justino Mota Neto - PPS
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Francisco Justino Mota Neto
(SIC - Físico)
Local e Horário de Funcionamento e Atendimento ao Público
Câmara Municipal de
Santa Rosa de Viterbo
Descri¸ão: Descri¸ão: Descri¸ão: Descri¸ão: http://camarasrviterbo.sp.gov.br/images/imagesnoticias/3/./images/imagesnoticias/25/principal_arquivos/image002.jpg

Rua Coronel Garcia, 160 - Centro

De segunda a sexta-feira

Das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00

*PRAZO PARA RESPOSTAS PARA CIDADÃOS IDENTIFICADOS: 10 DIAS

E-mail:

diretoria@camarasrviterbo.sp.gov.br

RAMAIS TELEFÔNICO

Telefone: (16) 3954-1666

DEPARTAMENTOS

RAMAIS

Diretoria

04

Contabilidade

05

Presidência

06

Compras

07

Telefone direto (Presidente/Vereadores)

(16) 3954-2000

Data: 14/08/2012 Hora: 00:00:00
História do Brasão
Webline Sistemas

O brasão de Santa Rosa de Viterbo

Descrição: Descrição: brasao

O Brasão de Armas de Santa Rosa de Viterbo, é o instituído pela Lei n.270, de 14 de dezembro de 1956, idealizado por Salvador Thaumaturgo, com as alterações introduzidas por esta Lei, de acordo com os escudos realizados pelo Dr. Lauro Ribeiro Escobar, do Conselho Estadual – de Honrarias e Mérito e assim se descreve: Escudo redondo, de blau, com uma faixa ondada de prata, e, em Chefe, três rosas heráldicas do mesmo. O escudo é encimado por coroa mural de prata com oito(8) torres, suas portas abertas de goles e tem como suportes, à dextra, um ramo de cafeeiro folhado e frutado e à sinistra uma haste de cana de açúcar, folhada, ambos ao natural, entrecruzados em ponta. Listel de prata com o topônimo “SANTA ROSA DE VITERBO” entre os milésimos “1893” e “1910” em caracteres de blau.
O escudo redondo, ou ibérico, era usado em Portugal à época do descobrimento do Brasil e sua adoção constitui homenagem do Município de Santa Rosa de Viterbo aos primeiros colonizadores e desbravadores de nossa Pátria.
A cor blau (azul), é símbolo heráldico de justiça, formosura, doçura, nobreza, perseverança, firmeza incorruptível, glória, virtude, zelo e lealdade, lembrando os atributos de administradores e munícipes, que, com firmeza, perseverança e ânimo justiceiro, procuram elevar o nome do Município.
A faixa ondada, significa em heráldica os cursos de água, indicando a riqueza hidrográfica do Município, em especial o rio Pardo, que irriga as terras ubérrimas de Santa Rosa de Viterbo.
As rosas heráldicas evocam Santa Rosa de Viterbo, Padroeira do Município, de quem adveio o topônimo e a proteção dispensada aos fervorosos devotos. Ao lado do sentido parlante, a rosa é o símbolo de graça, beleza, honra, suavidade, juventude, nobreza e mérito reconhecido.
O metal prata simboliza a felicidade, temperança, pureza, verdade, franqueza, integridade e amizade.
A coroa mural é o símbolo da emancipação política, e, de prata, com oito torres, das quais apenas cinco são aparentes, constitui a reservada às cidades. As portas abertas proclamam o caráter hospitaleiro do povo de Santa Rosa de Viterbo e a cor goles (vermelho), na posição em que se encontra na coroa mural e por ser no Brasil a iniciativa do Direito e da Justiça, está a afirmar que Santa Rosa de Viterbo é cabeça de Comarca, como a dizer: “DENTRO DESTAS PORTAS ENCONTRAREIS A JUSTIÇA”.
O ramo de cafeeiro e a haste de cana de açúcar, atestam a fertilidade das terras generosas de Santa Rosa de Viterbo, de que são importantes produtos.
No listel, o topônimo “SANTA ROSA DE VITERBO” indica e identifica o Município, e os milésimos “1893” e “1910”, indicam, respectivamente, o ano em que o povoado foi elevado a categoria de Distrito e o de sua emancipação política.
O Brasão de Armas de Santa Rosa de Viterbo, é exclusivo do Poder Municipal e será usado:
I – Obrigatoriamente,
a) – nos documentos, demais papéis e correspondências oficial;
b) – no Gabinete do Prefeito Municipal e na Sala das Sessões da Câmara de Vereadores.
II – Facultativamente,
a) – na fachada dos edifícios públicos;
b) – nos veículos oficiais; e
c) – nos locais onde se realizarem festividades promovidas pela municipalidade

 

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro